GALO AFLITO
por Antonio Correia em 3/10/2008
Rebaixado para a Série C do Campeonato Brasileiro, o CRB paga pelos pecados dos seus gestores das últimas décadas. Este ano a situação chegou ao insustentável com a degola. Restando dez rodadas para o término da Segundona, a crise está estabelecida na Pajuçara. O destaque negativo de ontem foi a pobreza alimentar na concentração dos jogadores. A falta de suprimentos para a cozinha regatiana provocou imediata ação de abnegados torcedores ao deflagrar movimento de doações. Na verdade o clube está de pires na mão, abandonado e entregue à sua própria sorte. Foi quase que uma debandada geral. Da famigerada Junta Diretiva que não ajudou em nada o clube, sobrou o jovem e esforçado dirigente Luciano Correia, filho do saudoso ex-presidente Waldemar Correia. E somente agora, depois do barco afundado, resolveram convocar o correto e discreto regatiano José Serafim para o cargo de presidente-interino, até o final do ano. Os figurões, aqueles que na fase boa apareciam diariamente na imprensa como dirigentes, sumiram. O combalido CRB da atualidade a eles não interessa.



primeira página | voltar | cometários | imprima esta notícia

Deixe seu comentário.

Aguardando o seu comentário...

20/11/2017

GALERIA

LINKS

OFERECIMENTO






ACDA - Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas
2017 © Todos os direitos reservados