ALDECÍ LIMA VICE-PRESIDENTE DA ABRACE
por Ascom em 11/8/2015
Paraibano da cidade de Rio Tinto e cidadão pernambucano desde 2002, Aldecí Lima é radialista, jornalista e advogado. Esse autêntico “coringa” iniciou as funções de repórter esportivo em 1974, na rádio Liberdade de Aracajú. No Recife, trabalhou nas rádios Clube de Pernambuco, Globo, Jornal, Tamandaré, Olinda, Capibaribe e Nova Timbaúba FM.  Na Televisão, esteve na Sportv, na TVI e na Net Recife, ao lado de Luciano do Valle, Tatá Muniz, Rivelino, Rembrandt Junior e tantos outros nomes. Dirigiu a Associação dos Cronistas Desportivos de Pernambuco por quatro mandatos e está na vice-presidência de Assuntos Nacionais da ABRACE, já no seu terceiro mandato. Nessa entrevista, ele fala do esmero na realização do Congresso, da qualidade profissional dos palestrantes, além da importância do evento para estudantes de Comunicação e na formação dos profissionais.
O que acha da programação do Congresso da ABRACE em Maceió?
– Confesso que não foi surpresa para nós da diretoria da ABRACE esse trabalho arrojado dos cronistas esportivos de Alagoas, através da nossa querida ACDA, entidade da qual tenho orgulho de ser sócio benemérito. O presidente Jorge Lins, junto com sua equipe de trabalho composta por profissionais competentes e conhecedores do assunto em pauta,  elaborou uma programação dentro daquilo que sempre foi esperado pela crônica esportiva brasileira e com gente especializada na comunicação esportiva e no futebol. Uma programação de trabalho que vai gerar mais conhecimentos para todos os participantes, justamente pela qualidade dos seus palestrantes convidados para esse grande evento em Maceió.
A presença de um profissional gabaritado como Juca Kfouri na abertura do evento, pode contribuir para torná-lo mais atrativo?
– Comecei a acompanhar o trabalho de Juca Kfouri na década de 1980, gostava muito dos seus artigos na revista “Placar”, em “O Estado de São Paulo” e na TV. Juca Kfouri é um profissional contundente, crítico, incisivo com os cartolas; e transformou-se rapidamente na principal figura do jornalismo esportivo crítico. Aqueles que são menos novos devem lembrar daquela capa da Máfia da Loteria Esportiva, na Placar. Pois é, obra de Juca Kfouri. Aos mais novos recomendo que leiam essa edição que lhe rendeu também mais de cem processos. Entre esses processos, eu me lembro de alguns, impetrados por Eurico Miranda, Ricardo Teixeira, José Eduardo Farah, entre outros. Juca já vem falando há vários anos de uma CPI do Futebol: Senado/Câmara, Contrato Nike, Cível, Criminal I, Criminal II, Teresópolis/CBF e nada foi investigado, mas  vamos continuar de olho nessa gente.
De uma maneira geral, nesses meus 41 anos de trajetória profissional no rádio e na televisão atuando como repórter esportivo, coordenador e outras funções acumulatórias, eu tive a chance de acompanhar profissionais de alto gabarito e, mesmo à distância, aprender com eles; e o Juca Kfouri foi um desses. Por tudo isso, a imprensa brasileira que participará do 41º Congresso da ABRACE e ACDA, nesse final do mês, está gratificada por esse presente dos alagoanos através da Associação de Cronistas Desportivos de Alagoas – ACDA.
De que forma os temas a serem discutidos podem estimular os cronistas ao debate e à formulação de ideias?
-Parabenizo a diretoria da ACDA e ao seu grupo de trabalho pelos temas selecionados para as plenárias, tantos nos painéis como nas oficinas, e com certeza serão de grande proveito para os cronistas esportivos, que terão pela frente profissionais competentes, talentosos e de um grau de sabedoria dos melhores. Quem não gostaria de saber qual a realidade do futebol do Nordeste e suas perspectivas? E qual o futuro do futebol brasileiro, após uma derrota e a desastrosa participação na Copa do Mundo de 2014 e n Copa América de 2015? O que faz um repórter no dia a dia? É fácil narrar futebol?… Tudo isso será passado aos congressistas, que estarão atentos a todas as palestras.
É bom lembrar que temas importantes e de grande valia para quem exerce ou queira exercer a profissão de repórter, narrador, comentarista, editor de esportes, etc.
Em um evento como esse, de que forma estimular os estudantes de Comunicação com potencial para serem futuros cronistas?
– Não poderia haver melhor momento para os estudantes de Comunicação como esse atual. Poder ouvir e aprender com o brilhante Edson Mauro falando de ”Futebol e Narração”, o Márcio Canuto, com sua experiência em reportagens, com o Nivaldo de Cillo, um dos competentes repórteres deste País, a inteligência de um Juca Kfouri, que se falar 10% do que sabe, já será de grande proveito para esses jovens que desejam um dia se encontrarem numa cabine narrando, comentando futebol ou reportando lances de um jogo de futebol.
Será bom ouvir os presidentes do Sport Club do Recife o Dr. João Humberto Martorelli e do ABC Sr. Rubens Dantas, para se conhecer a realidade do futebol nordestino. Esses estudantes terão a oportunidade de conhecer algo sobre as federações estaduais e nesse evento teremos três presidentes: Felipe Feijó (Alagoas), Mauro Carmélio (Ceará) e Antônio Aquino Lopes (Acre); além de uma série de competentes colegas de profissão que estarão nas oficinas. Mas sei que a gente sempre tem que aprender, ouvir e respeitar as opiniões dos outros, somente assim ficará mais fácil acumular o aprendizado do dia a dia.
 Como a ABRACE vem contribuir para a realização do Congresso?
– A ABRACE, como entidade máxima dos cronistas esportivos desse País, deveria fazer muito mais pelas associações estaduais mas, lamentavelmente, ela vive de taxas cobradas pela expedição de carteiras para os profissionais terem acesso aos estádios de futebol. A falta de verba publicitária do poder público e do privado para a entidade nacional e para as associações estaduais é algo impressionante, ninguém chega junto. E se isso acontecesse, as associações teriam condição de melhorar a qualidade dos serviços prestados por algumas entidades, além de promoverem cursos especializados para os seus cronistas esportivos.

primeira página | voltar | cometários | imprima esta notícia

Deixe seu comentário.

Aguardando o seu comentário...

22/11/2017

GALERIA

LINKS

OFERECIMENTO






ACDA - Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas
2017 © Todos os direitos reservados