As alternativas para a Copa do Brasil
por em 15/12/2014
Com os 80 clubes tendo os seus nomes distribuídos em potes, a CBF realiza nesta terça-feira o sorteio dos confrontos da primeira fase da Copa do Brasil de 2015. Pela imprensa – e em detalhes aqui no blog – o torcedor já tomou conhecimento das possibilidades dos adversários dos clubes alagoanos na competição.
Já se sabe, por exemplo, que nenhum time do pote A, onde estão os mais ranqueados da Copa do Brasil, vai enfrentar uma equipe alagoana, como aconteceu nos últimos anos; e que a primeira fase pode reservar um confronto entre CRB e Murici.
Volta ao noticiário a discussão sobre o que é melhor: enfrentar um grande clube e ter a certeza de uma bela arrecadação, mas sem muitas possibilidades de classificação, ou encarar um time do mesmo – ou menor – porte, com uma perspectiva maior de poder passar de fase, habilitando-se à cota oferecida pela CBF e que será maior no próximo ano, embora correndo o risco de ficar também pelo caminho?
Entendo que quem quer pensar grande, prefere seguir adiante. Ganhar jogos, passar de fases, assegurar o maior número possível de cotas por participação. Quanto ao fator arrecadação, vejo o time que tem torcida numerosa – como CRB e ASA, por exemplo – com grande chance de ter boas arrecadações, independente do adversário, e toda ela do seu lado, o que nem sempre ocorre quando do outro lado está um grande clube do Brasil.

primeira página | voltar | cometários | imprima esta notícia

Deixe seu comentário.

Aguardando o seu comentário...

20/11/2017

GALERIA

LINKS

OFERECIMENTO






ACDA - Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas
2017 © Todos os direitos reservados