Comentarista lembra pontos perdidos e aponta dificuldades para ASA e CRB na Série C
por ACDA com MinutoEsportes em 3/10/2014
ASA e CRB entram em campo neste final de semana com o mesmo objetivo, mas em situações distintas. Enquanto o ASA só precisa pontuar, o CRB tem a obrigação da vitória e torcer contra rivais para conseguir a classificação para a próxima fase do Brasileiro da Série C. O blogueiro do MinutoEsportes e comentarista esportivo Waldemir Rodrigues, lembra dos pontos perdidos das duas equipes, aponta dificuldades na última rodada, mas espera pela classificação dupla de Alagoas na competição nacional.

As duas equipes alagoanas viveram de altos e baixos na competição. O CRB passou boa parte da primeira fase á frente do ASA, que chegou a ser ameaçado de rebaixamento. Na penúltima rodada, o time de Arapiraca que reagiu na competição após a chegada de Vica, ultrapassou o CRB que tropeçou em casa quando não podia e perdeu o duelo direto diante do Salgueiro no interior de Pernambuco.

Diante do cenário, o comentarista esportivo Waldemir Rodrigues avaliou a campanha dos clubes do Estado. “Num campeonato de pontos corridos, a classificação é conquistada e o rebaixamento ocorre em função do que o time faça (ou deixe de fazer) ao longo da competição. Em relação aos alagoanos, os torcedores de CRB e ASA se perguntam os motivos que levaram os dois times a dependerem da última rodada para saberem se permanecem na Série C ou se vão se manter na disputa por vaga na Série B”, analisou.

A dificuldade que os clubes locais irão encontrar na rodada decisiva, pesa também sobre o desempenho nesta fase, tendo em vista que ASA e CRB perderam pontos importantes jogando em casa.
“Olhando para trás, o ASA lamenta os dias em que colocou boa vantagem em jogos contra Fortaleza e Salgueiro. E saiu sem vitória nos dois jogos. Mas, deve lamentar muito mais o insucesso no confronto “doméstico”, pois perdeu os dois jogos contra o CRB. Pontos que estão fazendo falta. Já o CRB transmite desconfiança ao torcedor pela falta de capacidade de decidir em seu favor os jogos que faz com mando de campo. Perdeu do Crac e empatou com o Paysandu em Coruripe e permitiu empate ao Salgueiro, Botafogo e Águia, depois de estar em vantagem no placar. Mostrou desequilíbrio por ganhar dez pontos em quatro jogos (os dois contra o ASA e os dois contra o Fortaleza) e somente mais 14 nos outros 13 jogos, um aproveitamento muito abaixo do que se espera de um time de ponta”, disse.

Por fim, Waldemir Rodrigues deu o seu veredito quanto as chances de classificação de ASA, CRB ou ambos. “Por estar no G4 e depender apenas de seu resultado, o ASA parece mais próximo da classificação. Mas, vai enfrentar justamente o melhor time do grupo e na casa do adversário. Já o CRB, ocupando o quinto lugar, terá direito ao mando de campo contra o Cuiabá, também querendo vaga, e precisa ainda de tropeço de um dos três que estão à sua frente. Será difícil para os dois, principalmente porque a classificação de um pode implicar no insucesso do outro. Não é de todo improvável, todavia, que passem os dois”, finalizou.

O ASA é o 3º colocado do Grupo A com 25 pontos e enfrenta o líder e já classificado Fortaleza no estádio Castelão. O CRB por sua vez, é o 5º colocado com 24 pontos e joga em casa contra o Cuiabá, 6º colocado num confronto direto. Todos os jogos do grupo acontecem neste sábado às 19h00.

primeira página | voltar | cometários | imprima esta notícia

Deixe seu comentário.

Aguardando o seu comentário...

20/11/2017

GALERIA

LINKS

OFERECIMENTO






ACDA - Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas
2017 © Todos os direitos reservados