Opinião de Waldemir Rodrigues - A incerteza sobre o Campeonato Alagoano 2015
por ACDA com Blog do Waldemir Rodrigues em 19/9/2014
Do amigo leitor e ouvinte Ricardo Moura, recebi a seguinte mensagem:

“Fiz um questionamento no “Bola Quente” sobre a a fórmula de disputa do Alagoano de 2015, pois já estamos a pouco mais de três meses de um novo ano e os clubes precisam fazer seus planejamentos. A Previsão Orçamentaria, ferramenta que permite estimar receitas e despesas, além de fazer um acompanhamento da execução, não pode ser definida enquanto não for estabelecido o desenho da competição estadual, sem contar os primeiros contatos com os jogadores, pois que proposta será feita se não é conhecido o período em que estes jogarão? Segundo o Gustavo Feijó, a CBF disponibilizou 45 dias para se conhecer o campeão alagoano, daí irá reunir os clubes para definir o período e forma de disputa. Entendo que é para ontem as definições que provavelmente só ocorrerão depois da disputa da 2ª Divisão. Será que o nosso futebol é mesmo profissional?”

Pois é, Ricardo, infelizmente tudo o que se sabe é o que você relatou aí. Nada mais do que isso. Claro que o blogueiro – e qualquer pessoa de bom senso e que deseja o melhor para o futebol – tem o mesmo raciocínio seu, mas esse sentimento lamentavelmente não é compartilhado pelos que dirigem clubes e federação, tudo fazendo crer que não possuem as nossas características descritas neste parágrafo.

Sendo mais claro ainda: você acha mesmo que os clubes que vão participar do Campeonato Alagoano fazem mesmo previsão orçamentária, elencando receitas e despesas? Ou que eles estão preocupados com prazos de contratos, quando oficialmente celebram um tipo de contrato e na prática tudo é muito diferente? E, por fim, uma última indagação: você ainda tem dúvida de que o nosso futebol não é profissional?

primeira página | voltar | cometários | imprima esta notícia

Deixe seu comentário.

Aguardando o seu comentário...

21/11/2017

GALERIA

LINKS

OFERECIMENTO






ACDA - Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas
2017 © Todos os direitos reservados