Opinião de Walmari Vilela - Sim, é possível, mas muito difícil
por Walmari Vilela em 28/8/2014
O CRB jogará sábado contra o Botafogo, uma partida de seis pontos porque ganhando o jogo leva três pontos e deixa seu concorrente com menos três e, o técnico Ademir Fonseca, de olho no que isso representa, propõe que todos se unam e formem uma gente alagoana rumo à série B.

Na preparação para este jogo decisivo, por exemplo, deveriam todos guardar mais as notícias em torno do time, colocando dúvida no técnico e jogadores adversários e assim, se criaria uma união de forças, clube, torcida, imprensa, colocando o interesse geral acima de interesse pessoal.

Este seria um comportamento desejável. Concordo e não vejo interferência nenhuma no nosso trabalho. Enfim, um time alagoano na série B é bom para todos. É possível que a proposta do Ademir venha a ser concretizada porém muito difícil que todos a entendam e coloquem o geral acima do pessoal.

RESCISÃO DE CONTRTO É POUCO

Esta semana, a televisão exibiu imagem do atacante André, do Atlético Mineiro, dormindo em uma casa de balada de Belo Horizonte. Dizem que o “goleador” amanheceu o dia. Como estava de folga, não pegou punição, mesmo sendo reserva e quando entra no time não joga nada.

Aqui em Alagoas, Leo Paraiba e Gava foram despedidos do ASA porque andaram trocando tapas em uma balada. Estavam de folga mas a direção alvi-negra tirou as “ovelhas negras” para não contaminarem o rebanho.
Jogador profissional baladeiro e que não joga nada deveria ser desligado e devolver ao clube tudo o que lhe pagou.
C

COM O BOI NA SOMBRA

Há quase cinco anos fora do Brasil, jogando no Catar e na Tailândia, onde se encontra agora, o meia Fábio Lopes, ex-ASA, passa alguns dias em Maceió com seu filho. Disse-me que vai permanecer por lá mais tempo onde está bem e só voltará ao futebol brasileiro quando estiver com a vida organizada. No popular, com o boi na sombra.

NA FRENTE E SEM AMEAÇA

A pesquisa jornal Lance-IBOPE mostrou mais uma vez o que todos sabem: o Flamengo dono da maior torcida do Brasil com 16,2 por cento, 32 milhões e meio de torcedores no Brasil, contra 13, 6 do Cointhians, 27 milhões de torcedores, vindo São Paulo com 6,8, 13 milhões; Palmiras com 5,3, 10 milhões e Vasco com 3,6 por cento, pouco mais de 7 milhões de torcedores.

A pesquisa mostra, ainda, que o Flamengo caiu nos últimos quatorze anos enquanto o Corinthians subiu, especialmente agora, com os títulos da Libetadores e Mundial mas não ameaça os rubro-negros. Segundo a mesma pesquisa Lance-IBOPE, o Flamengo tem a preferência dos jovens de todo o Brasil, disparado na frente dos concorrentes.

primeira página | voltar | cometários | imprima esta notícia

Deixe seu comentário.

Aguardando o seu comentário...

20/11/2017

GALERIA

LINKS

OFERECIMENTO






ACDA - Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas
2017 © Todos os direitos reservados