Eliminada do Mundial, Gana se despede de fãs e deixa Maceió
por ACDA com Gazetaweb em 29/6/2014
Após ser eliminada da Copa do Mundo, a seleção de Gana embarcou na noite deste sábado (28), no Aeroporto Zumbi dos Palmares, no Tabuleiro do Martins, em Maceió. Os ganeses estavam hospedados desde o último dia 11, no Hotel Radisson, situado na Pajuçara, e a capital alagoana foi a cidade-sede para os treinamentos da delegação, ocorridos no Estádio Rei Pelé, no Trapiche da Barra.

Mesmo diante da derrota na fase classificatória para as oitavas de final, a seleção foi aplaudida por torcedores que se concentraram na calçada do hotel para a despedida, assim como fizeram antes de os atletas seguirem viagem para as cidades de Natal (RN), Fortaleza (CE) e Brasília (DF), onde enfrentaram Estados Unidos, Alemanha e Portugal, respectivamente.

Depois de perder para Portugal por 2 a 1 e dar adeus à Copa do Mundo 2014 nessa quinta-feira (26), a seleção de Gana retornou para Maceió e aproveitou a sexta para descansar. Alguns jogadores ficaram no quarto do hotel, onde tomaram café da manhã, enquanto outros chegaram a descer até o saguão, como o meia Wakaso Mubarak, que atendeu aos fãs.

Sobre o desempenho de Gana no Mundial, Mubarak disse estar orgulhoso da equipe, mesmo com a eliminação. “Tivemos uma partida bem complicada contra Portugal, mas, mesmo assim, foi uma boa atuação na Copa do Mundo. Não acredito que erramos. Nunca vi a equipe jogar como jogou, e estou orgulhoso da nossa atuação”, disse Mubarak.

Segurança

Seja a caminho do aeroporto internacional ou no retorno ao hotel, agentes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) seguiram para a Pajuçara, a fim de controlar o fluxo de veículos, bem como homens da Polícia Federal (PF) e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), para fazer a escolta do ônibus que transportou a seleção ganesa.

Treinos

Sob sol forte e com direito ao apoio em massa do torcedor alagoano, a seleção de Gana realizou, nos dias 12, 13, 19 e 23 deste mês, os treinamentos no gramado do Estádio Rei Pelé, no Trapiche da Barra, em preparação para o jogo contra os Estados Unidos, que os venceram por 2x1 no Estádio Arena das Dunas, em Natal (RN); contra a Alemanha, que terminou no empate de 2x2, no Castelão, em Fortaleza (CE); e Portugal, perdendo por 2x1, no Mané Garrincha, em Brasília (DF).

A torcida comemorava cada sinal da presença da comissão técnica ganesa em direção ao campo de jogo. Bandeiras de Gana misturavam-se com camisas do Brasil. Faixas de apoio e até declarações de amor faziam parte do cenário de festa observado na arquibancada do Trapichão.

Os “Estrelas Negras” subiram os degraus do vestiário e agradeceram o apoio do público. Bolas e camisas da seleção foram lançadas aos torcedores, que, amontoados, disputavam os presentes. Uma das grandes estrelas do time, o centroavante Asamoah Gyan, fez questão de se aproximar dos torcedores.

primeira página | voltar | cometários | imprima esta notícia

Deixe seu comentário.

Aguardando o seu comentário...

20/11/2017

GALERIA

LINKS

OFERECIMENTO






ACDA - Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas
2017 © Todos os direitos reservados