Entrevista com o cronista - Marlon Araújo
por ACDA em 13/11/2013
O site da ACDA informa aos internautas que estaremos entrevistando integrantes da imprensa esportiva de Alagoas.

O primeiro entrevistado do nosso site é o comentarista da rádio jovempan Maceió, Marlon Araújo.

Confira a entrevista:

1 - Pergunto: Sobre seu início de carreira. Onde iniciou? Em que ano?

Foi de uma forma inusitada. Eu já participava através do meu blog do cotidiano do esporte, sobretudo do futebol. Até que um dia, o Emerson Junior e o Antonio Guimarães fizeram o convite para participar da transmissão da radio correio em 2012 como convidado especial. Depois disto fiquei na rádio e estou até hoje.

2 - Como foi a experiência que teve como secretário de esportes?

Foi apaixonante. Nunca imaginava um dia ser o gestor de esporte e lazer do Estado, mas encarei a missão e implementamos vários programas de esporte e lazer, bem como também descobrimos talentos. Um dos exemplos foi o velocista Bruno Lins que hoje é um dos mais importantes velocistas do pais e integra a equipe brasileira nas principais competições do mundo. Mas infelizmente fui o último secretário, devido à extinção da pasta. Reafirmo que o esporte é uma das ferramentas de maior eficiência no combate das mazelas sociais que assolam nossa sociedade, sobretudo a parcela mais carente da população..

3 - Como começou o amor pelo rádio ?

Na verdade começou como dirigente pois sempre precisa ouvir e acompanhar as informações. Depois de estar no rádio, tive o feedback do ouvinte. Isto é encantador. Recebia mensagens pelas redes sociais, pelo telefone da própria rádio e até mesmo na rua. Até tinha sido avisado qu seria assim, mas sempre é surpreendente. Hoje não saí do meu cotidiano ouvir programas de rádio locais e nacionais, porque também ouvindo se apreende.

4 - Em quem você se espelhou no início da sua carreira no rádio?

Antes de nominar, gostaria de ressaltar a qualidade de nossos cronistas , mas o primeiro que me orientou foi o Jorge Lins ,companheiro de Rádio Correio,e acaba sendo inegável não se espelhar em comentaristas como Waldemir Rodrigues, Antonio Torres e nacionalmente no Caio Ribeiro.

5 - Você indicaria essa profissão para os seus filhos seguirem?

Penso que profissão é aptidão e se possuírem esta condição não vejo nada de mais.

6 - Você ainda almeja algum sonho a ser alcançado?

No rádio meu sonho é participar de um evento internacional

7 - Qual foi à partida ou acontecimento que mais te marcou como comentarista?

Com um ano de rádio participar de uma final de Alagoano com o maior clássico do estado, entre CSA x CRB, foi sem dúvida sensacional.

8 - O que você pensa sobre os jornalistas que muitas vezes escondem o time de coração com medo talvez do relacionamento com as outras torcidas?

Uma bobagem..Antes de qualquer profissão todos já foram torcedores um dia , o que precisa é ser fiel ao seu público ouvinte e saber que ao se tornar profissional de imprensa, o seu time é Verdade dos Fatos Futebol Clube. Sempre serei fiel ao que penso e acima de tudo independente.

9 - Quais os benefícios e malefícios que a Copa de 2014, pode trazer para nosso país?

Tem dois lados. O pais sofrerá uma chuva de investimentos em vários segmentos. Ganhará praças esportivas de primeiro mundo, aumentará a mobilidade em algumas cidades, trará uma grande visibilidade para o pais. Mas também é necessário responder qual o legado que ficará, como as praças serão utilizadas em locais onde o futebol não tem tanto peso e como controlaremos o superfaturamento existente nas obras.

10 - Qual sua expectativa em relação ao futebol de Alagoas em 2014?

Minha expectativa é positiva. Vejo os grandes clubes do estado montando boas equipes e que os clubes possam acertar mais. Este ano é para ser esquecido. CSA com pífia campanha na D , CRB não conseguiu seu objetivo do acesso e por pouco não foi rebaixado, o ASA foi a grande perda do nosso futebol ,pois a vaga na série B,colocava o nosso futebol na elite do futebol do Brasil. Tivemos momentos vergonhosos, como a decisão do Sub20 com portões fechados e todos os problemas apresentados na 2ª divisão. Por fim espero que a FAF possa comandar este processo de renovação do nosso futebol , pois o que se ver é uma federação meramente administrativa sem preposições e discussões para o encaminhamento de soluções de melhoria do nosso futebol.

11 - Deixe sua mensagem final

Quero agradecer a oportunidade e desejar a todos um feliz 2014

primeira página | voltar | cometários | imprima esta notícia

Deixe seu comentário.

Aguardando o seu comentário...

21/11/2017

GALERIA

LINKS

OFERECIMENTO






ACDA - Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas
2017 © Todos os direitos reservados