CSA joga mal e perde para o Vitória da Conquista na Série D
por Minuto Esportes em 8/6/2013
O CSA parece ter sentido o pouco tempo de treinamento com os novos jogadores e não foi feliz na tarde deste sábado (08), em sua estréia na Série D. O time alagoano enfrentou o Vitória da Conquista no estádio Lomanto Junior, interior da Bahia e sem mostrar uniformidade, acabou derrotado por 2 a 0.

Agora, por conta da Copa das Confederações, a competição para e o CSA só volta a jogar no dia 7 de julho, contra o Botafogo da Paraíba no estádio Rei Pelé. O Vitória da Conquista por sua vez, terá um tempo ainda maior e só joga no dia 14 de julho, contra o Juazeirense, novamente em casa.

O JOGO – 1º TEMPO

No estádio Lomanto Junior, os donos da casa, Vitória da Conquista, tentavam a vitória para se recuperar da derrota na primeira rodada. Do outro lado, o CSA querendo estrear com o pé direito na competição nacional.

Logo de cara, o time marujo tentou encurralar o rival, partindo para cima, passando os três primeiros minutos no campo de ataque. Porém, no primeiro ataque do Vitória, a defesa do CSA não se entendeu e o time da casa abriu o placar.

GOOOOLLLL DO VITÓRIA! Depois de cobrança de falta, a bola sobrou para o meia Thales, que de voleio bateu para o gol, sem ser incomodado pela zaga do CSA. Vitória 1 x 0 CSA.

Depois do gol, o time marujo resolver se fechar em campo, tentar manter a posse de bola e esperar o adversário. Porém, com excesso de erro nos passes, o time marujo tinha sérias dificuldades em chegar à área rival.

Sem criatividade no meio de campo, o time azul tinha que arriscar de fora da área, foi o que fez Balotelli, que tentou, mas mandou longe do goleiro Augusto. O setor ofensivo do CSA, por sinal, não funcionava, deixando isolados os avantes Cecel e Rogélio Balotelli.

Já o Vitória da Conquista, apesar de mostrar limitação técnica e tática, seguia melhor no jogo e chegou a dar trabalho para o goleiro Flávio, que se mostrava atento e por duas vezes evitou que o time da casa ampliasse.

Até o final do primeiro o tempo seguiu dessa forma, o CSA mostrando desentrosamento, começando da defesa até o ataque, enquanto o Vitória tinha mais espaço e posse de bola, mas não conseguia furar o bloqueio azulina.

Aos 46 minutos, o primeiro tempo morno foi encerrado com vitória parcial do time da casa por 1 a 0 sobre o CSA.

2º – TEMPO

Na volta para o segundo tempo, o técnico Beto Almeida deixou clara a sua insatisfação pela setor ofensivo do clube e modificou logo no intervalo, tirando o volante Rodolpho para colocar o meia Marielson.

Os primeiros minutos da etapa complementar mostravam uma melhora do CSA, que tinha mais tranqüilidade e efetividade na troca de passes. Mesmo assim, não agradava o técnico marujo, que trocou mais uma vez, tirando outro volante, Robson, para entrada do atacante Wilson.

E a primeira chance de perigo foi justamente com Wilson, que pegou sobra de bola e bateu forte, de voleio, para defesa do goleiro Augusto. À essa altura do jogo, as duas equipes faziam um duelo equilibrado, com ataques para ambos os lados.

Com o jogo nesse nível, o gol poderia sair para qualquer um dos lados. No entanto, saiu justamente para o time da casa, que marcou o segundo gol e complicou ainda mais a situação do CSA no jogo.

GOOOOLLLL DO VITÓRIA! Após troca de passes, Daniel, que acabara de entrar, dominou, entrou na área, driblou o goleiro Flávio e fez um belo gol no estádio Lomanto Junior. Vitória 2 x 0 CSA.

Depois do segundo gol, o time do CSA parecia sentir o golpe e estava entregue na partida, apenas se defendendo para não sofrer mais gols. Por outro lado, as modificações melhoraram o time da casa, que continuava atacando e assustando a equipe alagoana.

Chegaram os 45 minutos e o árbitro Wanderson Alves de Souza assinalou quatro minutos de acréscimos, que esquentaram as equipes. Primeiro Jon Jon chegou com perigo e quase marca o terceiro do Vitória. No lance seguinte, Alex Henrique faz grande jogada mas acabou barrado pelo goleiro Augusto, que segurou a bola de forma arrojada.

Aos 49 minutos, o jogo foi encerrada com fraca atuação do CSA e vitória do Vitória da Conquista por 2 a 0.



FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro 2013 – Série D

Estádio Lomanto Junior – Vitória da Conquista, Bahia

Vitória da Conquista 2 x 0 CSA

Árbitro: Wanderson Alves de Sousa-MG

Auxiliares: Marcus Vinicius Gomes (MG) e Pedro Araujo Dias Cotta (MG)



Vitória: Augusto , Zé Leandro, Jefferson, André e Diego Prates; Junior Gaúcho, Leandro Cabañas, Ramires(Jon Jon) e Thales; Joabio (Daniel)e Humberto(Maicon).

Técnico: Guilhermino Lima

CSA: Flávio, Aderlan, Odair Lucas, Alexandre e Léo Medeiros(Alves); Robson(Wilson), Rodolpho(Marielson), Elyeser e Alex Henrique; Cecel e Rogélio Balotelli.

Técnico: Beto Almeida

Cartões Amarelos: Leandro Cabañas, Junior Gaúcho(Vitória) - Robson e Elyeser(CSA)

Gols: Thales 4min 1ºT e Daniel 27min 2ºT(Vitória)

primeira página | voltar | cometários | imprima esta notícia

Deixe seu comentário.

Aguardando o seu comentário...

17/11/2017

GALERIA

LINKS

OFERECIMENTO






ACDA - Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas
2017 © Todos os direitos reservados