ASA arranca empata do Paysandu na abertura da Série B
por Minuto Esportes em 25/5/2013
Uma viagem de 15 horas, torcida contra, um jogador a menos e pressão no final do jogo. Nada disso prejudicou o ASA na noite desta sexta-feira (24), na estreia da Série B contra o Paysandu no estádio Arena Verde em Paragominas.

O time alvinegro começou perdendo, empatou logo em seguida com gol de Wanderson e mesmo perdendo o volante Jorginho, expulso, conseguiu segurar o resultado e garantiu um empate em 1 a 1 jogando fora dos seus domínios.

Na próxima rodada, o ASA recebe a forte equipe do Palmeiras, ás 21h50 de terça-feira, no estádio Municipal de Arapiraca. Já o Paysandu, joga no mesmo dia, fora de casa contra o Ceará no estádio Presidente Vargas.

O JOGO – 1º TEMPO

Na estreia das duas equipes no Brasileiro da Série B, jogando em casa, o Paysandy resolveu partir para cima do ASA, marcando a saída de bola e acionando os laterais, que insistiam em atacar e não demorou para o time da casa abrir o placar.

GOOOOLLLL DO PAYSANDU! Aos 5 minutos, troca de passes em que Djalma lançou Rafael Oliveira, que na entrada da área, se livrou de Tiago Garça e Osmar e bateu forte, sem chances para o goleiro Gilson. Paysandu 1 x 0 ASA.

A Série B começava mais uma vez complicada para o ASA. Porém, quem imaginou que o time alvinegro iria assistir de camarote o “Papão” jogar, se enganou, uma vez que os visitantes alagoanos foram para cima do rival e conseguiram empatar o jogo dois minutos depois.

GOOOOLLLL DO ASA! Após cobrança de escanteio, o goleiro Zé Carlos corta mal, a defesa não afasta e a bola sobra nos pés de Wanderson, que bate colocado para o fundo do gol. Paysandu 1 x 0 ASA.

Depois do gol, de forma inteligente o ASA resolveu colocar a bola no chão, trocar mais passes e esperar o Paysandu, para tentar o contra-golpe. Com isso, o jogo caiu de produção, ficando disputado no meio de campo e cheio de faltas.

O jogo começava a melhorar para o ASA, mas, o time alvinegro tendo duas baixas importantes. Primeiro, Léo Gamalho sentiu o tornozelo após dividida e foi substituído por Rodrigo Dantas, que quase marcou em sem primeiro lance de perigo.

A segunda baixa aconteceu quando o primeiro tempo se encaminhava para o final, aos 39 minutos. Jorginho tentou recuperar bola perdida no meio de campo, cometeu falta dura em Eduardo Ramos e foi expulso direto.

Com um jogador a menos, o ASA conseguiu segurar o empate em 1 a 1 até os 46 minutos, quando o árbitro Edmar Campos encerrou o primeiro tempo, que ajudaria o time alagoano a se organizar no jogo.

2º - TEMPO

Na volta para o segundo tempo, o ASA foi inteligente, priorizando a posse de bola, tentando cansar o adversário, que estava com um jogador a mais. O técnico Lecheva promoveu duas mudanças, colocando Pablo e Hailton no lugar de Janilson e Ricardo Capanema respectivamente, para tentar acelerar o jogo e pressionar o ASA.

Mas, quem chegou com perigo no segundo tempo foi o ASA, quando numa falta ensaiada, Tiago Garça rolou para Chiquinho Baiano, que bateu forte, para grande defesa do goleiroZé Carlos, que mandou para escanteio, evitando a virada alvinegra.

A forma que o ASA conduzia o jogo, segurando a bola e atuando nos contra-ataques incomodava o técnico Lecheva, que passou a cobrar de forma incisiva a mudança de postura do time.

A reclamação do comandante parecia ter resultado. Primeiro, Alex Gaibú cruzou na área e encontrou o zagueiro Raúl, que estou e mandou na trave. Minutos depois, o Paysandu voltou a assustar novamente com participação de Gaibú, que dessa vez chegou chutando de fora da área, com a bola tirando tinta da baliza defendida por Gilson.

Percebendo o crescimento do Paysandu no jogo, o ASA resolveu voltar ao campo de defesa, se fechar e segurar a bola. O técnico Ricardo Silva ainda promoveu uma alteração, tirando o atacante Rodrigo Dantas para colocar o meia Gilsinho, que poderia trocar passes na frente, tentando surpreender o rival.

Mesmo com a pressão final, o ASA segurou o resultado e garantiu um empate importante em Paragominas diante do Paysandu.



FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro – SÉRIE B

Estádio Arena Verde – Paragominas, Pará

Paysandu 1 x 1 ASA

Árbitro: Edmar Campos da Encarnação (CBF-MA)

Assistentes: Luiz Claudio Rodrigues da Costa (CBF-MA) e Jander Rodrigues Lopes (CBF-MA)



Paysandu: Zé Carlos, Yago Pikachu, Raúl, Diego Bisto e Janilson(Pablo); Vanderson, Djalma(Alex Gaibú), Ricardo Capanema(Hailton) e Eduardo Ramos; João Neto e Rafael Oliveira.



Técnico: Lecheva



ASA: Gilson, Osmar, Tiago Garça, Fabiano e Chiquinho Baiano; Milton Junior(Rudiero), Jorginho, Pedro Silva e Didira; Wanderson e Léo Gamalho(Rodrigo Dantas-Gilsinho).

Técnico: Ricardo Silva

Cartões Amarelos: Diego Bispo(Paysandu)

Cartões Vermelhos: Jorginho(ASA)

Gols: Rafael Oliveira 5min 1ºT(Paysandu) – Wanderson 7min 1ºT(ASA)

primeira página | voltar | cometários | imprima esta notícia

Deixe seu comentário.

Aguardando o seu comentário...

20/11/2017

GALERIA

LINKS

OFERECIMENTO






ACDA - Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas
2017 © Todos os direitos reservados