ASA empata com o CSA e ainda briga pela classificação
por Cada Minuto em 18/4/2013
No clássico desta quarta-feira (17) entre ASA e CSA, em Arapiraca, a torcida presenciou o empate em 1 a 1 entre as duas equipes em um jogo morno entre as equipes do interior e da capital.

Com o resultado, o ASA chegou aos 13 pontos e ainda não conseguiu a sua classificação e terá de disputar a vaga no G4 num duelo direto diante do Murici, novamente em Arapiraca. Já o CSA, que agora tem 16 pontos, já está classificado, mas ainda busca a liderança da fase, se vencer o CEO em Olho D'água das Flores.

O JOGO - 1º TEMPO

Em Arapiraca, o jogo entre ASA e CSA mostrava o time da casa precisando vencer para adiantar a sua classificação, enquanto o CSA, já classificado, tentava a vitória para encaminhar o primeiro lugar da fase.

E o primeiro lance de perigo foi do ASA, quando Léo Gamalho recebeu dentro da área, ao seu estilo, girando e batendo forte para defesa de Flávio, que mandou para escanteio. Em seguida, o time alvinegro ainda assustou com Geovane e Edson Veneno.

Próximo dos 30 minutos, o CSA conseguiu diminuir a superioridade do ASA e passava a tocar mais a bola. Porém, o time do Mutange tinha sérias dificuldades na criação e finalização de jogadas.

Mesmo assim, o ASA ainda era superior e por muito pouco não abriu o placar no Municipal, quando a defesa falhou justamente com Adalberto, que proporcionou uma grande oportunidade para Wanderson, que de frente para o goleiro Flávio, desperdiçou.

Apesar de toda a superioridade no primeiro tempo, o ASA não conseguiu marcar e o velho ditado se fez vivo. "Quem não fazl ,leva". Aos 48 minutos, o time marujo surpreendeu e abriu o placar após falta na entrada da área sobre Diego Clementino.

GOOOOLLLL DO CSA! Everaldo foi para a cobrança e com categoria, tirou do alcance do goleiro GIlson, abrindo o placar em Arapiraca. ASA 0 x 1 ASA.

Depois do gol azulino, o árbitro José Reinaldo Figueiredo encerrou o primeiro tempo com vitória parcial do CSA por 1 a 0 sobre o ASA.

2º - TEMPO

Na volta para a segunda etapa, mesmo estando à frente do placar, o CSA foi quem iniciou as atividades e assustou com Diego Clementino, que desperdiçou grande oportunidade. Mas, o ataque logo foi respondido por Gabriel do ASA, que bateu forte e mandou rente a trave de Flávio.

Aos poucos, o time da casa foi retomando o domínio da posse de bola, assim como na primeira etapa e foi construindo chances. Novamente Gabriel, depois Thalysson e de forma mais clara, Didira, que conseguiu empatar o jogo no Municipal.

GOOOOLLLL DO ASA! Cobrança de escanteio, a defesa do CSA vacilou e a bola sobrou para Didira, que mandou para o fundo do gol. ASA 1 x 1 CSA.

Depois do gol, o jogo caiu de produção, uma vez que os treinadores promoveram várias mudanças e o duelo passou muito tempo sendo disputado no meio de campo, com os atletas cometendo faltas e o árbitro precisando interferir no jogo.

Na reta final do jogo, o ASA impôs pressão sobre o CSA, principalmente com bolas alçadas na área, todas elas sendo afastadas pela defesa do CSA, que neste momento estava toda recuada.

O árbitro assinalou três minutos de acréscimos, mas, pouco aconteceu e o jogo foi encerrado com o placar de 1 a 1 entre ASA e CSA.

primeira página | voltar | cometários | imprima esta notícia

Deixe seu comentário.

Aguardando o seu comentário...

21/11/2017

GALERIA

LINKS

OFERECIMENTO






ACDA - Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas
2017 © Todos os direitos reservados