INDEFINIÇÕES ATÉ O FINAL
por Antonio Correia em 18/4/2012
A fase de classificação do 2º turno do Campeonato Alagoano vai chegando ao seu final com indefinições e muita disputa pelas posições, tanto da parte de cima da tabela, como da parte de baixo. No último sábado tivemos a penúltima rodada com os seguintes confrontos: CRB 3x1 CEO, CSE 0x5 CSA, Sport 3x2 Penedense e Murici 1x0 Coruripe. No domingo, ASA 4x0 Corinthians. Com esses resultados, vamos para a última rodada, no próximo sábado, com apenas CSA (21 pontos) e ASA (19 pontos) garantidos no G4. Porque os terceiro e quarto colocados, CSE (12 pontos) e Sport (11 pontos) podem perder suas posições, a depender de uma combinação de resultados. CRB (10 pontos), Murici e Corinthians (nove pontos) correm por fora com chances reais. Também com relação à Zona de Rebaixamento, considerando-se a contagem geral de pontos no campeonato, a indefinição é flagrante, pois Coruripe (14 pontos), CEO e Penedense (16 pontos) estão na “marca do pênalti”, apenas um escapará da degola. A rodada derradeira será jogada na tarde do próximo sábado, todos os jogos devendo começar no mesmo horário, às 15h15m: em Maceió, CSA x CRB; em Olho d’Água das Flores, CEO x ASA; em Penedo, Penedense x Corinthians; em Coruripe, Coruripe x CSE; e em Atalaia, Sport x Murici. Como se pode observar, muitas emoções reservadas para o final de semana no futebol de Alagoas.

VITÓRIA SEM BRILHO- Na tarde de domingo comentei para a RÁDIO PAJUÇARA FM, de Arapiraca, o jogo ASA 4x0 Corinthians, no Estádio Coaraci da Mata Fonseca. O público presente foi apenas regular (3.069) e o ASA só deslanchou no segundo tempo. Na primeira fase o Corinthians chegou a dominar as ações, mas esbarrava na marcação dos defensores alvinegros. Jogando mal, sem movimentação e criatividade no meio-campo, o Alvinegro também não saia com os seus alas e assim o Corinthians ia crescendo na partida. Quando menos merecia o ASA fez 1x0 com Audálio (43 minutos), num lance em que Lúcio Maranhão teria cometido infração. Na reclamação dos jogadores do Corinthians, o volante Wênio foi o mais exaltado e, justamente, foi premiado com cartão vermelho e a conseqüente expulsão. No segundo tempo, mesmo com um homem a menos, o Corinthians voltou com vontade para reagir. O ASA só acordou aos 18 minutos, quando Audálio repetiu a dose, fazendo 2x0 em outro lance de cobrança de escanteio. Foi a gota d’água nas pretensões do time do Pilar. Porque o ASA cresceu, acertou jogadas tanto no meio com Didira e Valdívia bem como utilizou melhor as jogadas pelos flancos, com Dudu pela direita e Augusto pela esquerda. Com desvantagem numérica e o placar adverso, o Corinthians cansou, já não marcava tão bem como no primeiro tempo, cabendo ao ASA tomar conta do jogo. Naturalmente fez 3x0 com Lúcio Maranhão (25m), cobrando pênalti do João Gabriel no Didira, chegando a 4x0 com Didira (38m), também de pênalti, dando cifras definitivas ao marcador. E poderia ter feito mais um ou dois gols, tal a superioridade demonstrada naquele período de amplo domínio. O zagueiro Audálio, autor de dois gols alvinegros, foi o melhor jogador em campo. Também se destacaram Leandrinho, Pio e Badinho, pelo Corinthians, Didira, Valdívia e Fabiano, pelo ASA. Boa a arbitragem do Francisco Carlos do Nascimento (Chicão), nota 9. No computo geral, vitória merecida do Alvinegro, garantido no G4 como 1º ou 2º colocado. Formou com: Tutti; Audálio, Fabiano e Edson Veneno (Gabriel); Dudu, Jorginho, Thiago Gaúcho, Didira, Valdívia (Neto Potiguar) e Augusto; Lúcio Maranhão (Nando). Técnico: Heriberto da Cunha. O Corinthians alinhou: Anderson/PB; Leandrinho (Mauro Cardoso), Da Silva, Patrick (João Gabriel) e Fabiano; Wênio, Pio, Serginho e Badinho; Itacaré (Danilo) e Daniel. Técnico: Gilmar Batista

primeira página | voltar | cometários | imprima esta notícia

Deixe seu comentário.

Aguardando o seu comentário...

21/11/2017

GALERIA

LINKS

OFERECIMENTO






ACDA - Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas
2017 © Todos os direitos reservados